sexta-feira, 22 de julho de 2016

Como cheguei ao curso de design?

O terceirão havia chegado e o tempo para escolher uma faculdade estava apertando, e eu, com medo de estar fazendo a escolha errada no futuro, fiquei me cobrando bastante e não gostaria de desistir de um curso para migrar para outro, ser infeliz profissionalmente, financeiramente, etc.
Como na minha cidade não havia o curso de design, apenas o de arquitetura na particular, optei primeiramente por psicologia, pois era a que enquadrava no meu pequeno leque de opções. Tive muitas crises de ansiedade, e isso é super normal nesse tipo de decisão, e confesso que piorou na época do ENEM, o qual era o único vestibular o qual faria que garantia uma vaga em uma universidade pública.
No ano de 2015, ao sair o resultado, consegui em 2° lugar em psicologia na federal do meu estado e também que passava na federal do curso que eu realmente queria: Design.
Disso foi surgindo um sentimento de conquista que foi crescendo depois de muitas pesquisas sobre as diversas áreas do design e mercado de trabalho, e por ter o blog,  habilidades em artes manuais, acompanhar as tendências e assistir programas sobre o assunto, vi que isso era o que eu realmente gosto e pretenso seguir.
Pra quem está passando por esse momento de escolher ou mudar de curso, faça o que VOCÊ quer, e não o contrário, importantíssimo ver os pontos positivos e negativos, a grade curricular, além das afinidades as quais você se encaixa, e depois, decidir(se seus pais puderem ajudar) qual cidade irá estudar para começar essa nova jornada.


Fotos: Reprodução by Google






By
Bellapassarini;*

domingo, 17 de julho de 2016

Pesquisa de opinião do blog

Depois de vários sumiços, o blog voltou a ativa e queria que vocês respondessem rapidinho uma enquete(rapidinho, em 2 minutos tá tudo feito!) para definir alguns temas para falar mais ou continuar postando por aqui e também para dar alguma sugestão bacana. É anônimo e vai ajudar muito o blog pra vocês e aos outros leitores. Basta clicar neste link aqui: http://goo.gl/forms/thw344zoxkcWUWLg1

Foto: Reprodução by Bellapassarini







By
Bellapassarini;*

quarta-feira, 15 de junho de 2016

10 GIFs que montram o lado bad do frio

Quando se fala na cidade de Curitiba, o assunto que não falta(e pode durar horas de conversa!) é o clima.
Muita gente diz que ama frio, mas eu sou calorenta e friorenta até um certo ponto. Ao decidir vir pra cá, sabia que estava cruzando o extremo norte do país(Porto Velho-Rondônia) até o extremo sul(Curitiba-PR), mas sentir essa mudança climática de perto  não é tão fácil quanto imaginava: andar de busão, ir pra faculdade cedo, parecer um boneco de neve congelado nada fashion... Isso que estamos no mês de junho e fez temperaturas abaixo de zero(-1,3°C com sensação de -3°C), imagine em julho que é o inverno  :(
Confira o gif que mais tem a ver com sua vibe no frio!

GIFs; Reprodução




O vento no rosto parece até que corta....
Será a mais estilosa da faculdade #sqn

E a vontade de sair da  cama e encarar o frio?

Migo, nem fala comigo senão meu café vai ficar um geloooo

Mãos congelantes, ainda mais fazendo trabalhos da faculdade!

Cama fria, roupa fria, que horror!
Você fica tipo assim com as 1000 camadas de roupas + frio

E quando a gripe vem? Adoooro #sqn
E pra  tomar banho? Maravilhoso, magina...

Seu nariz  fica parecendo uma luz de natal



By
Bellapassarini;*